segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Russia avisa aos EUA que usará armas nucleares em caso de invasão a Síria ou Irã



Flotilha russa aproxima-se do litoral sírio, em apoio às forças de Bashar Al Assad
Um memorando classificado como urgente, segundo fontes militares russas, foi expedido pelo escritório do presidente Vladmir Putin, nesta quarta-feira, e ordena um ataque massivo da Rússia contra a Arábia Saudita caso as forças da Organização do Tratado Atlântico Norte (Otan, na sigla em inglês) ataquem a Síria. A informação, não foi confirmada oficialmente pelo governo russo, conteria instruções semelhantes a uma ordem de guerra, expedida há cerca de um mês por Riad, na qual o governo muçulmano teria declarado que, caso a Rússia não aceitasse a derrota de Bashar Al Assad, os sauditas iriam arregimentar militantes na Chechênia para “aterrorizar” os XXII Jogos Olímpicos de Inverno que a Rússia realizará na cidade de Sóchi.
Fontes militares russas também informaram, nesta manhã, que uma flotilha, liderada pelo contra-torpedeiro Almirante Chabanenko, aproxima-se do porto sírio de Tartús. Segundo informes lidos pela rádio militar israelense Debka, desde o último sábado o exército russo está em estado de alerta frente a um possível ataque dos EUA, Grã-Bretanha e França contra a Síria. Segundo a agência russa de notícias RNA, além da Rússia, outros países aliados dos sírios recusam-se a colaborar com os planos bélicos do Ocidente.
Em Nova York, nesta tarde, ocorria uma reunião fechada dos membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU (Rússia, Reino Unido, China, França e EUA) sobre a situação na Síria. A reunião foi convocada por iniciativa dos Estados Unidos. Sabe-se também que a lista de participantes ainda poderá ser expandida nas próximas horas e o centro da discussão é um projeto de resolução britânico sobre o possível uso da força contra Damasco. Mais cedo, o vice-ministro do Exterior russo, Guennadi Gatilov, declarou que, se qualquer país usar a força contra a Síria, contornando o Conselho de Segurança da ONU, isso poderá ser considerado como uma flagrante violação do direito internacional.
‘Passeio no inferno’
Mas o possível bombardeio dos EUA e demais potências ocidentais, que poderá ocorrer dentro de mais algumas horas, não será uma atividade turística no Oriente Médio. Ao contrário do que ocorreu com Gaddafi, na Líbia, o governo de Damasco não está isolado. Potências nucleares como Rússia e China podem transformar a ação bélica norte-americana em “um passeio no inferno”, segundo aquelas fontes militares russas. Na ONU, ambas as nações asiáticas já vetaram qualquer ataque ou manobra militar contra os sírios. Depois, o Irã, maior potência militar do Oriente Médio, com um exército regular de dois milhões de militares efetivos e mais um milhão de guerreiros muçulmanos mobilizados, fundamenta sua sobrevivência regional na existência do regime de Damasco.
Em terceiro lugar, ainda segundo a RNA, Israel, o terceiro braço da Otan na região, encontra-se cercado por forças do Hezbolah, aliados de Síria e Irã, por um lado, e por mísseis e forças em terra do Hamas, na Faixa de Gaza; além do exército sírio, com aviões e mísseis de médio alcance. Mesmo o Iraque, com um governo xiita, é aliado preferencial do Irã e já negou seu espaço aéreo a qualquer incursão militar contra a Síria.
“Em quarto lugar, qualquer intervenção militar estrangeira na Síria desataria uma ação dos curdos contra a Turquia, aliado das forças ocidentais”, segue a agência russa de notícias, em análise divulgada nesta quarta-feira. E, por último, o Egito, hoje controlado por militares aliados dos EUA e Israel, poderá mergulhar em uma divisão anárquica, protagonizada por diferentes grupos islâmicos fundamentalistas, ainda dispersos por uma coalizão de forças que mantém o país unificado. Ao menor sinal de distúrbios na Síria, o Irã também poderá bloquear o Estreito de Ormuz, por onde escoam cerca de 40% de todo o petróleo consumido nos EUA e Europa.
Provas em contrário
Ao contrário do que afirmam a Casa Branca, em Washington, e o número 10 da Downing Street, em Londres, não há provas contundentes de que a ordem para o ataque com armas químicas à região ocupada por rebeldes, na Síria, tenha partido de Damasco. Nesta quarta-feira, segundo o especialista militar Joseph Watson, do Infowar, um sítio na internet especializado em estratégias militares, o panorama ficou ainda mais embaçado com o vazamento de um telefonema interceptado pela inteligência israelense. Segundo o serviço de inteligência de Jerusalém, a ordem para um ataque com armamento químico não teria partido do Ministério da Defesa de Assad, pois o ministro Moshe Ya’alon, em pessoa, teria telefonado, em pânico, para a unidade de armas químicas do exército sírio em busca de notícias sobre o uso de gás de nervos, em uma ação que teria matado cerca de mil pessoas, apenas uma hora depois de veiculada a notícia pelas agências internacionais.
“Por que o ministro sírio da Defesa faria um telefonema desesperado, no qual ‘exigia respostas imediatas’ para o ataque com armas químicas se fosse ele quem o ordenou”, questiona o informe da inteligência de Israel, publicado no Infowar. “O fato de que o alto comando do governo sírio aparentemente não sabia do ataque sugere, fortemente, que eles não deram a ordem para tanto, em um cenário no qual a liberação do agente químico teria sido realizado pelos próprios rebeldes ou por ‘oficiais sírios que agiram por conta própria, acima das ordens de seus superiores”, acrescentou o especialista do site Foreign Policy Noah Shachtman.
Um oficial de inteligência dos Estados Unidos também disse ao Foreign Policy que todos no Pentágono estão querendo, até agora, entender exatamente o que houve mas, seja lá quem ordenou o ataque, “fez uma coisa realmente estúpida”. Se, mesmo sem saber exatamente o que houve de verdade, porque o ataque aconteceu e quem o ordenou, sem que os técnicos das Nações Unidas investiguem o incidente, os EUA lançarem um ataque de mísseis contra a Síria, “potencialmente inflamará toda a região”, acrescenta Shachtman.
Para deixar a situação ainda mais confusa, há evidência prévias que sugerem a participação de rebeldes, com o apoio norte-americano, no preparo e uso de armas químicas em numerosas ocasiões, completamente esquecidas devido ao rumo dos acontecimentos. Na última vez que a ONU investigou evidências de uso de armas químicas na Síria, os inspetores concluíram que parecia obra dos rebeldes e não das forças regulares do regime de Assad.
“Em adendo, conversas telefônicas vazadas entre integrantes do (exército rebelde) Free Syrian Army revelaram detalhes de um plano para a liberação de armas químicas em um ataque capaz de impactar uma área de cerca de um quilômetro”, acrescenta o Infowar.
O vice-chanceler sírio, Faisal Maqdad, também disse, nesta quarta-feira, que Estados Unidos, Grã-Bretanha e França ajudaram “terroristas” a usar armas químicas na Síria, e que os mesmos grupos vão em breve atacar a Europa com essas armas. Falando a repórteres do lado de fora do hotel Four Seasons em Damasco, Maqdad disse que apresentou provas aos inspetores de armas químicas da ONU de que “grupos terroristas armados” usaram gás sarin em todos os locais dos supostos ataques.
– Nós repetimos que grupos terroristas são aqueles que usaram (armas químicas) com a ajuda dos Estados Unidos, Reino Unido e França, e isso tem que parar. Isso significa que essas armas químicas serão usadas em breve pelos mesmos grupos contra o povo da Europa – acrescentou.
Ainda assim, os navios da Marinha de Guerra dos EUA e da Frota Real do Reino Unido que estão no leste do Mediterrâneo, possivelmente, efetuarão um ataque aéreo contra alvos na Síria já na noite de quinta para sexta-feira, logo depois da votação no parlamento britânico em apoio da operação militar contra o regime sírio, informa a imprensa e televisão norte-americanas. Pressupõe-se que o ataque pode durar várias horas, entre objetivos principais citam unidades do Exército da Síria que podem potencialmente usar armas químicas, bem como os Estados-Maiores, centros de comunicação e complexos de lançamento de mísseis, afirma a mídia, se referindo a uma fonte anônima no Pentágono.
guerra-nuclear-2013-1024x640

73 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Respostas
    1. Essa é a Frase ! "O bicho tá pegando!"

      Excluir
    2. VENHA PARA UM SISTEMA DE AJUDA MUTUA TOTALMENTE AUTOMATIZADO, ISTO É, SEM FALHA, E QUE PODE TE PROPORCIONAR RENDIMENTOS INCRÍVEIS.
      - Investimento: R$40 + Alguns minutos por dia divulgando seu link
      Concretize seus projetos adiados por falta de dinheiro.
      Cadastre-se através do link
      http://ajudandotodos.com.br/?ref=Daniella

      Excluir
  3. E o relógio do fim do mundo se move, mais uma vez, um minuto em direção à meia noite.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade, lembrei de Before Watchmen, das múltiplas realidades que acabam sob o fallout dos cogumelos nucleares. A pena é que estamos numa das realidades que o Dr. Manhattan não existe, se não nos quadrinhos, e como nestes é mostrado, findamos por apenas morrer ignorantes do fato que poderíamos ter vivido de uma outra forma, mais harmônica.

      Excluir
    2. É muito triste isso. O ser humano tem tudo para viver pacificamente de forma plena... há comida para todos, há tecnologia para todos... mas a ganância sempre vence.
      A única coisa que faltou ao homem foi aprender a dividir, e cedo ou tarde, a raça humana perecerá por causa disso.
      Poderá demorar muitas gerações ainda, mas tenho quase certeza do que causará o fim do mundo... a guerra, a ganância, a ignorância.

      Excluir
    3. Então, se vai acontecer o fim do mundo , como fica a promessa do Cristo de que os mansos herdarão a Terra?. Ele mentiu?

      Excluir
    4. Vo tentar te responder, É que os valentes vão morrer lutando só vai ficar os mansos. espero ter te respondido kkkkkkkkkkkk

      Excluir
  4. Dúvido que vão manchar o nome deles na história como responsáveis pela catastofre global que ocorreria..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que história? Não vai haver mais mundo pra se preocuparem com manchar o nome. HUAHAUHAUHAUUH

      Excluir
    2. Verdade, se pa vai rola muita Blitzkrieg, se rolar uma no Brasil... ferou

      Excluir
    3. Manchar o que??? Você não sabe o que acontece com a história nas guerras? Ela é sempre contada pelos vencedores... vale lembrar a notória frase de George Orwell: "Quem controla o passado, controla o futuro; quem controla o presente, controla o passado."

      Excluir
    4. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    5. #Fodam-seOsEUA

      A Segunda guerra mundial está vindo... (A "primeira" foi uma guerra triplo-continental, não mundial)

      Excluir
  5. Foda-se ... eu quero mais é que tudo se exploda mesmo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. espere até os bombardeios chegarem na porta da sua casa!

      Excluir
    2. nao se esqueça que o brasil é aliado da frança. havendo msm uma guerra o brasil ta dentro meu parceiro.. olha os russos mandando um recado pros brasileiros na noite de quinta pra sexta

      Excluir
    3. Se nosso governo entrar contra a Rússia, vamos ter alguns movimentos guerrilheiros na nossa pátria...

      Excluir
  6. Os caras desse blog tem acesso aos memorandos secretos do Governo Russo, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Depois ainda falam da Globo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha para quem estuda bem o assunto como costumo fazer, não vi tanto disparate assim como querem apregoar alguns, a coisa é muito mais suja que vocês possam imaginar, tanto russos como EUA são podres, Grã-Bretanha pior ainda, então falar besteiras em blogs como este não traz ajuda nenhuma, para quem é completamente ignorante do assunto deveria se contentar em assistir o PLIM PLIM e calar a boca.

      Excluir
  7. Esse texto é tão bom que me deu Câncer...

    Os caras citam fontes INEXISTENTES e não fazem nenhuma questão de serem coerentes.

    Quero saber como esses caras querem falar mal da Globo com esse nível de noticia sensacionalista.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. concordo! bosta de matéria!

      Excluir
    2. Que lixo de matéria, pqp. Sem base teórica nenhuma; os caras se esquecem que os que menos querem atacar a Síria são os EUA, Al Assad sempre foi aliado dos EUA, sensacionalismo barato, até a globo faz melhor... '--

      Excluir
  8. Um bando de retardado junto que fica arrumando motivo pra brigar, adultos definitivamente são idiotas! Como tenho saudades de ser criança, crianças sim são racionais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o pequeno principe sempre falava isso, so que com outras palavras...

      Excluir
  9. JOGA GASOLINA NO MAR PRA COMER PEIXE ASSADO... KKK... OH POVIM PRA GOSTAR DE MORRER...

    ResponderExcluir
  10. Pesquisei varias fontes nacionais e internacionais,por mais que eu goste de vê o circo pegar fogo,não passa de uma noticia falsa

    ResponderExcluir
  11. "Além disso, quando ouvir falar de guerras ou de relatos de guerras, não fiquem apavorados, pois tudo isso tem que acontecer, mas ainda não é o fim."
    Marcos 13:7

    ResponderExcluir
  12. De uma forma ou de outra estamos fudidos(MALDITO SEJA Einstein,SQN)

    ResponderExcluir
  13. Anotem o que digo, outros seres não deixaram que a raça Humano destrua o Planeta, seres mais evoluídos sabem que somos uma raça cheia de problemas e egoísmo.

    ResponderExcluir
  14. Se liga na fita EUA ... ainda existem pessoas com poder no mundo...

    ResponderExcluir
  15. bah q merda pq vcs tem q por essas propagandas de merda por todo o lado... vou ler isso em outro lugar... q merda... vão se fude...

    ResponderExcluir
  16. Conversa fiada! Tá rolando nada disso! Meu irmão está na Uzberek na Turquia e falou e nenhuma notícia desse tipo está sendo publicada lá na Europa! Boa enrolação e montagem, mas não é verídico!

    ResponderExcluir
  17. galera qual a fonte oficial dessa noticia, muitos blog noticiam varias bobagens e todo mundo acredita.

    ResponderExcluir
  18. fake nossa nada aver quem acredita nisso e so otário mesmo uma coisa num tem nada ave com a outra..

    ResponderExcluir
  19. Mano, n quero ir mais pra essa porra de exercito não.. merda de segunda faze '-'

    ResponderExcluir
  20. Eu parei de ler na parte em que o Iraque seria aliado preferencial do Irã. Eles se odeiam!!! Houve uma guerra entre eles de seis anos em que o Saddam usou armas químicas contra os iranianos.

    ResponderExcluir
  21. Voces acham mesmo que a Russia vai entrar numa guerra, arriscar sua população, pela Síria, me poupe, esse texto é FAKE.

    ResponderExcluir
  22. eles bando de filhos da putas acham que é os bambambam ,estados unidos vÇs sao uns filhos das putas otarios ta apoiado a russia ou melhor uniao sovietica gera mais medo nos otarios

    ResponderExcluir
  23. Fala sério, temos que pedir que esses blogs saiam do ar, ridículo.

    ResponderExcluir
  24. EUA está envolvido nisso, ta na cara. Armam tudo por trás para fazer guerras, gerar riqueza, e roubar petróleo.

    ResponderExcluir
  25. Por favor, jornalismo trabalha com fatos não com suposições... mais respeito com a minha humilde inteligência...

    ResponderExcluir
  26. Prestem bastante atenção à data de publicação do vídeo:
    Publicado em 25/02/2013

    ResponderExcluir
  27. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  28. Olha, o melhor a fazer é isolar o problema... e deixa que eles se resolvam...

    ResponderExcluir
  29. n vai adiantar vocês falarem nada! pois os humanos são muito egoísta e não iria escutar ninguém, o q falta e só a gente acreditar em deus e ver oq q da, e se acontecer outra guerra eles iriam ser prejudicados também e iria manchar o nomes deles na historia .e se tiver outra guerra e porque os humanos são "burros" e n]ão sabem viver cada um no seu lugar ! e são tolos pois eles mesmo iria deixar nossa raça em extinção! .Mas a pergunta e porque a ver guerra ? eu tenho 14 anos eu resolvo minhas coisa conversando e não na parte de agressão física porque n resovam as coisas desse jeito ? porque eles são egoísta de mais pra adimitir a cupa!!!!! e essa e minha e a minha opinião

    ResponderExcluir
  30. China e Russia contas os USA? Fudeu pro Tio Sam malandro!!!!

    ResponderExcluir
  31. VENHA PARA UM SISTEMA DE AJUDA MUTUA TOTALMENTE AUTOMATIZADO, ISTO É, SEM FALHA, E QUE PODE TE PROPORCIONAR RENDIMENTOS INCRÍVEIS.
    - Investimento: R$40 + Alguns minutos por dia divulgando seu link
    Concretize seus projetos adiados por falta de dinheiro.
    Cadastre-se através do link
    http://ajudandotodos.com.br/?ref=Daniella

    ResponderExcluir
  32. Ô beleza...até que enfim...já dizia um físico muito famoso..."Não sei que armas serão utilizadas na 3ª guerra, mas tenho certeza que na 4ª serão pau e pedra!"

    ResponderExcluir
  33. O MESMO BLEFE DA CORÉIA DO NORTE. BLA BLA BLA. TUDO PARCEIRO COMERCIAL.

    ResponderExcluir
  34. Alguém tem que parar esse imperialismo funesto dos americano... eu apoio!

    ResponderExcluir
  35. Notícias 100% verdadeiras nesse blog...

    ResponderExcluir
  36. Boatos que dessa vez o Brasil vai lá pro Cabo da Boa Esperança dar tiro em baleia branca.....huashuahsuahsuahsua

    ResponderExcluir
  37. affs!! não sei o que é mais engraçado, essa notícia totalmente estapafúrdia ou os comentários hilários de quem acreditou nisso....kkkkkkk

    ResponderExcluir
  38. OS AMERICANOS VÃO TOMAR UMA COÇA COMO TOMARAM NO VIETNÃ. Vão sair com o rabo entre as pernas! !!

    ResponderExcluir
  39. essas merdas de americanos se acharem os fodões e ficam metendo o bedelho... e a Dilma dizendo que não vai pros EUA por causa da espionagem?!!! ahahahah medo de levar bomba!!!

    ResponderExcluir
  40. Bandos de burros mesmo ! Os Estados Unidos tomar uma coça, esquecem que eles são a maior potência bélica e militar do mundo. E outra em qualquer situação de guerra, o Brasil apoiará os Estados Unidos, pois o Brasil é um aliado dos Americanos... ok!

    ResponderExcluir
  41. Aos idiotas e ignorantes de plantão:
    A cerca de cinquenta anos atrás,e após o fim da segunda guerra mundial,a extinta União Soviética,hoje Rússia,fez acordos com diversos países árabes para exploração de petróleo e comercialização de armamentos militares desde então.
    portanto a Rússia se aliou a estas nações e sobrevive do comércio de armas para estes países e não tem nenhum interesse em perder este filão.Por isso mesmo é que está pressionando os Estados
    Unidos e seus aliados!E eles vão fazer de tudo para barrar qualquer interferência ou intervenção de outras nações.Os russos não estão nem aí para a vida humana de quem quer que seja,assim também como aquele povo árabe!

    ResponderExcluir
  42. MENTIRRAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

    VIDEO " Publicado em 25/02/2013 "

    ResponderExcluir
  43. Fatos

    a)Os terroristas apoiados pelos Americanos.
    b)Terrorista usaram gás contra os civis Sirios para acusar Assad.
    c)Navios Russos foram enviados para mediterraneo
    d)Assad foi eleito com mais de 70 % de votos.
    e)Assad tem apoio dos cidadãos Sirios
    f)Os terroristas são mercenários estrangeiros
    g)Russia pode mandar Tio sam pros quintos dos Infernos por violar a lei internacional.Russo são estrategas.
    h)quem duvida disso é pessoa mal informada ou com ma fé.

    ResponderExcluir
  44. Gostaria de pedir a todos vamos orar pois muitos inocentes pagam pelo outros.

    ResponderExcluir