quinta-feira, 29 de agosto de 2013

O dia que mais de 500 pessoas morreram por causa de uma "vaca sagrada".








Mais de 500 passageiros morreram quando o trem em que viajavam mergulhou no rio Bagmati, Índia, em 6 de junho de 1981. Esse acidente ferroviário – o pior da Índia em todos os tempos – foi causado por um engenheiro que tentou evitar o atropelamento de uma vaca - animal considerado sagrado pela cultura hindú.

A composição de oito vagões, tomada por aproximadamente mil passageiros, trafegava pelo estado de Bihar (nordeste do país) cerca de 400 quilômetros de Calcutá. Fora, o vento das monções se abatia sobre a região. Chuvas extremamente pesadas faziam os rios transbordarem, tornando as vias férreas escorregadias. 

Assim que o trem se aproximou da ponte sobre o rio Bagmati, uma vaca cruzava a via férrea. Na tentativa de salvar o animal, o maquinista freou violentamente a composição. Os vagões deslizaram sobre os trilhos úmidos e os sete últimos descarrilaram e mergulharam no rio. Com o rio muito acima dos níveis normais, os vagões afundaram em suas águas barrentas.

A ajuda do resgate estava horas distante e, quando chegou, cerca de 600 pessoas já tinham perdido suas vidas. Depois de buscas que levaram dias, 286 corpos puderam ser recuperados, no entanto mais de 300 passageiros jamais foram encontrados. A estimativa mais próxima da realidade é que perto de 600 viajantes morreram devido a decisão do engenheiro.

Todavia, existem relatos conflitantes e por vezes confusos do acidente. O Ministério do Desenvolvimento Rural para a região confirmou que o trem descarrilou depois de uma brusca freagem. Um relatório paralelo conferiu-lhe credibilidade, aduzindo que o trem foi brecado porque havia uma vaca sobre a linha férrea.

Técnicos, porém, afirmaram que a freagem, isoladamente, não poderia ser a causa provável do descarrilamento. A distribuição das forças decorrentes da freagem de um trem de passageiros é bastante uniforme. Cada um dos vagões têm pesos semelhantes e são freados individualmente. A explicação teria maior credibilidade se aplicada a trens de carga porquanto “existe risco maior de descarrilamento com  composições de carga, pois o eixo das cargas dos vagões possivelmente seja muito diferentes e/ou os vagões freiam de maneira distinta”.

Outra explicação veio do presidente da Direção Indiana de Estradas de Ferro. Ele afirmou que o trem foi arrastado para o rio durante uma tempestade. Dúvidas acerca dessa explanação surgiram visto que o ministério do Desenvolvimento Rural local teria tido conhecimento imediato e prévio que as condições climáticas eram tão severas a ponto de arrastar pesadíssimos veículos.
Confusão também se estabeleceu quanto ao número de vítimas. É comum que trens de passageiros na Índia trafeguem com o triplo da capacidade estabelecida. Muitos estariam viajando ilegalmente, sem as passagens. Também era incerto o número de passageiros daquele trem. Que o trem estava superlotado é certo, porém o verdadeiro número de viajantes jamais chegou a ser precisado.

Em seguida ao acidente, funcionários do governo afirmaram que havia mais de 1000 vítimas fatais e alguns sugeriram que o total de vítimas poderia exceder a 3 mil. Quando se ofereceu a barqueiros da região 5 libras por cada corpo recuperado, eles recusaram. A Marinha indiana chegou a planejar explosões subaquáticas para tentar recolher estimados 500 corpos.

Via: Opera mundi


 

17 comentários:

  1. vaca sagrada pra mim eso no meu pratinho bem tempeirado adoro kkkk

    ResponderExcluir
  2. É, e quando eu digo que a religião faz mais estrago que crack na mente, sou xingado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vc tem razão tbm sou xingada qdo falo isso

      Excluir
    2. faz mais estragos que a maioria das drogas sim..... deixa as pessoas alienadas...Poha mas fazer mais estrago q o crack ai é foda rs

      Excluir
  3. a vaca sagrada????se fosse o cachorro poderia ate entender,mais a vaca,é como a Creusa disse vaca sagrada pra mim tem um nome o churrasquinho de fim de semana kkkkk esse sim é sagrado.

    ResponderExcluir
  4. http://en.wikipedia.org/wiki/Bihar_train_disaster não foi por causa de uma vaca

    ResponderExcluir
  5. até que ponto chega a ignorância do ser humano, minha nossa!!!!

    ResponderExcluir
  6. SEGUE EM FRENTE UÉ, NO MINIMO IRIA VIRAR ALIMENTO PRA ALGUM BIXO MESMO.. SER HUMANO E SUA MANIA DE "TIRAR TUDO DOS TRILHOS"

    ResponderExcluir
  7. http://www.youtube.com/watch?v=mENas8rDiYs

    ResponderExcluir
  8. as 500 pessoas que morrerão vão todas virar friboi, na próxima encarnação.

    ResponderExcluir
  9. Segue reto toda vida e não ia dar em nada

    ResponderExcluir
  10. Se a lei é preservar as Vacas um motivo tem... Então, o maquinista fez o que qualquer passageiro ali faria, freou!!! Acho justo!!! E também o que é morrer para os hinduístas?? Garanto que se tivesse matado a vaca seria preso, e tenho certeza que por ter salvo a vaca nem foi acusado. Agora o que são 600 pessoas mortas na Índia? O país mais populoso do mundo. A visão trágica é nossa Ocidentais, os hindus devido as condições acreditaram que foi o destino.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o país mais populoso do mundo, é a China!!!

      Excluir
  11. TEM COMO DESVIAR UM TREM??? Os trens agora saem com volante? Se existe essa possibilidade eu desconheço. Portanto, acredito que o acidente deva ter ocorrido por outro motivo e não uma VACA. Vou ter q pesquisar. É nóis!!!

    ResponderExcluir
  12. A vida de uma vaca,vale mais que a vida humana,só na India mesmo :/
    No Brasil,tbém é assim,neguinho assalta,mata,por um par de tenis,celular,mochila,a vida aqui é menos valorizada ainda : /

    ResponderExcluir