sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Linha de roupas antiestupro promete dificultar ação de criminosos

Linha de roupas antiestupro promete dificultar ação de criminosos

Foto: Divulgação

Inspirada nos medievais cintos de castidade, uma linha de roupas de baixo antiestupro deve ser lançada em breve no mercado pela AR Wear. O objetivo, segundo a empresa, é dificultar ações de violência sexual contra mulheres.  Segundo a AR Wear, a indumentária são à prova de corte e impedem prováveis estupradores de despir as vítimas. O objetivo da linha antiestupro é trazer tranquilidade às usuárias enquanto elas correm à noite, viajam sozinhas ou fazem atividades consideradas de risco, informou o Daily Mail. O projeto das roupas de baixo já conseguiu levantar mais de 37 mil libras (R$ 135 mil), das 57 mil libras necessárias para o lançamento do produto, através de ação de crowd sourcing (a empresa convida pela Internet colaboradores para contribuir para um projeto). De acordo com o Daily, a ideia das roupas é de duas norte-americanas que fizeram pesquisas antes do lançamento da campanha para a produção das roupas. "Enquanto os predadores sexuais continuarem a viver em nosso mundo, nós pretendemos oferecer produtos a mulheres e meninas que possam proporcionar melhor proteção contra tentativas de estupro", diz um comunicado da empresa.

 

Mas nem todo mundo recebeu bem a ideia. "Essas ideias de roupas antiestupro nunca chegam a lugar algum, porque a prevenção ao estupro não tem nada a ver com a roupa que você usa ou não usa, e sim com o estuprador e uma cultura de culpar a vítima pela violência", disse um editorial do site The Daily Dot. "Calcinhas com fechaduras realmente nos deixam mais seguras ou apenas lucram com o medo de todas as mulheres?", completa a crítica.

12 comentários:

  1. é crowdfunding, não crowdsourcing

    ResponderExcluir
  2. eles podem lucrar com isso...mas quantas vezes vemos na televisão várias mulheres que foram estupradas, deram queixa e acabou em nada? Pelo menos, se essa vestimenta der certo, elas não precisarão sentir humilhação para o sistema "Pensar" em fazer alguma coisa.

    ResponderExcluir
  3. A preocupação é se uma mulher usa uma dessas e o bandido de tão frustrado decide matá-la. Acho que o caminho para manter as mulheres livres de estupro não é esse.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Não concordo. A roupa é anti-estupro não impossível de tirar. Se chega a esse ponto e mulher escolhe a vida ou a humilhação. Ela deve conseguir tirar a roupa... Mas achei o questionamento infundado e frio.

      Excluir
  4. Poderiam estar tomando providencias com pena de morte para estupradores ou coisa do tipo, mas estão fazendo uma roupa antiestupro que pode dificultar o estupro e fazer com que eles a matem

    ResponderExcluir
  5. "Estupro não tem a ver com a roupa que você usa ou não." Por favor, né, vejo meninas nas ruas com roupas mais curtas do que essa roupa DE BAIXO anti estupro, e vem falar que não tem a ver? Vivemos em sociedade e essa sociedade tem éticas e leis que nos fazem reprimir os instintos e não agir como animais, mas distúrbios mentais fazem com que algumas pessoas não tenham limites. Não estou defendendo estupradores, pra mim são a pior raça de vermes que existem, mas se você sacode uma bandeira vermelha na frente de um touro não pode reclamar se levar chifrada. Portanto, parem de se vestir como putas e diminuam suas chances de serem estupradas. Se são putas, divirtam-se com a prática.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estupro não ocorre apenas com pessoas de roupa curta... isso é fato! Se esse fosse o caso não existiria esse tipo de problema no inverno ou em países como Afeganistão ou Paquistão! Um estuprador analisa muito mais se aquele momento é propício ao crime do que a roupa ou a cara da vítima! Ninguém é obrigado a nada... por isso nunca conseguirei ver uma vítima como responsável do atentado! Vítima é vítima... desequilibrado é desequilibrado.... quem tende ao crime vai cometer, seja numa mulher atraente, criança ou até mesmo idosas... você acha mesmo que elas tem parcela de culpa? Realmente não acho a roupa que alguém usa responsável por uma agressão ou definidora de caráter!

      Excluir
  6. Sabe uma otima medida anti estrupo? Condenar a pena de morte ou castração qualquer individuo condenado por esses crimes ;)
    Não acho que essa roupas sejam solução ou medida preventiva (também não sou contra, talvez até seja uma boa ideia) A solução é tolerância zero com os indivíduos (leia monstros) que cometem esses crimes.

    ResponderExcluir
  7. sao um bando de otarios tem que matar o estrupador mandar ele pro inferno que e o lugar dele nao inventar roupa pra evita a acao..fala serio seus tapados..

    ResponderExcluir
  8. estupro é raro em paises norticos e lá no verao as loirinhas andam com a periquita quase de fora, sem contar que ficam quase nuas nos parques, é cultura SIM!

    ResponderExcluir
  9. quero ver pra ir no banheiro com isso ae huehuehue

    ResponderExcluir