quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Enfermeira revela os 5 maiores arrependimentos das pessoas em seus leitos de morte.

stihl-deathbed-scene[1]
Por muitos anos eu trabalhei em cuidados paliativos. Meus pacientes eram aqueles que tinham ido para casa para morrer. Algumas experiencias incrivelmente especiais foram compartilhadas. Eu estava com eles nos últimos três a doze semanas de suas vidas. As pessoas crescem muito quando eles são confrontados com a sua própria mortalidade.
Eu aprendi a nunca subestimar a capacidade de alguém para o seu crescimento. Algumas mudanças foram fenomenais. Cada um experimentou uma variedade de emoções, como esperado, negação, medo, raiva, remorso, mais negação e, finalmente, aceitação. Cada paciente encontrou sua paz antes deles partirem, cada um deles.
Quando questionados sobre algum arrependimento que tiveram ou qualquer coisa que faria diferente, temas comuns vieram à tona. Aqui estão os cinco mais comuns:
1 . Eu gostaria de ter tido a coragem de viver uma vida verdadeira a mim mesmo, e não a vida os outros esperavam de mim.
Este foi o arrependimento mais comum de todos. Quando as pessoas percebem que sua vida está quase no fim e olham para trás, é fácil ver como muitos sonhos não foram realizados. A maioria das pessoas não tinham honrado nem metade dos seus sonhos e morreram sabendo que foi devido às escolhas que fizeram, ou não fizeram .
É muito importante tentar e honrar pelo menos alguns de seus sonhos ao longo do caminho. A partir do momento que você perde a sua saúde, é tarde demais. Saúde traz uma liberdade que muito poucos percebem, até que já não tem.
2 . Eu gostaria de não ter trabalhado tão duro.
Isto veio de cada paciente do sexo masculino que eu acompanhei. Eles perderam a juventude de seus filhos e o companheirismo do parceiro. As mulheres também falaram sobre esse arrependimento. Mas, como a maioria eram de uma geração mais velha, muitos dos pacientes do sexo feminino não tinha sido a pessoa que sustentava a casa. Todos os homens que companhei lamentou profundamente gastar tanto de suas vidas na esteira de uma existência de trabalho.
Ao simplificar o seu estilo de vida e fazer escolhas conscientes ao longo do caminho, é possível não precisar da renda que você acha que precisa. E criando mais tempo livre em sua vida, você se torna mais feliz e mais aberto a novas oportunidades, aquelas mais adequados ao seu novo estilo de vida.
3. Eu gostaria de ter tido a coragem de expressar meus sentimentos .
Muitas pessoas suprimiram seus sentimentos a fim de manter a paz com os outros. Como resultado, eles se estabeleceram por uma existência medíocre e nunca se tornaram quem eram realmente capazes de se tornar. Muitos desenvolveram doenças relacionadas à amargura e ressentimento que carregavam, como resultado.
Nós não podemos controlar as reações dos outros. No entanto, embora as pessoas podem, inicialmente, reagir quando você mudar a maneira que você está falando com honestidade, no final ele levanta a relação à um nível totalmente novo e saudável. Ou isso ou ele libera o relacionamento doentio de sua vida. De qualquer maneira , você ganha.
4 . Eu gostaria de ter mantido contato com meus amigos.
Muitas vezes eles não percebem verdadeiramente os benefícios de velhos amigos até estarem em seu leito de morte, e nem sempre foi possível re-encontrá-los nestes últimos momentos. Muitos haviam se tornado tão envolvidos em suas próprias vidas que tinha deixado amizades de ouro escaparem nos últimos anos. Havia muitos arrependimentos profundos sobre não dar às amizades, o tempo e esforço que mereciam. Todo mundo sente falta de seus amigos quando estão morrendo.
É comum que qualquer um com um estilo de vida agitado, deixar amizades escorregarem, mas quando você se depara com a sua morte se aproximando, os detalhes físicos da vida caem. As pessoas querem colocar suas finanças em ordem, se possível. Mas não é dinheiro ou status que tem a verdadeira importância para eles. Eles querem arrumar as coisas para o benefício daqueles quem amam. Normalmente, porém , eles estão muito doentes e cansados de gerir esta tarefa. E tudo se resume ao amor e relacionamentos no final. Isso é tudo o que resta nas semanas finais, amor e relacionamentos.
5. Eu gostaria que eu tivesse me deixar ser feliz.
Este é surpreendentemente comum. Muitos não percebem, até o fim de que a felicidade é uma escolha. Eles haviam ficado presos em velhos padrões e hábitos. O chamado “conforto” da familiaridade transbordou em suas emoções, bem como as suas vidas físicas. O medo da mudança os fazia fingir para os outros e para si mesmos, que estavam satisfeitos. Quando lá no fundo, eles ansiavam rir e ser bobos em sua vida novamente. Quando você está no seu leito de morte, o que os outros pensam de você há um longo caminho a partir de sua mente. Como é maravilhoso ser capaz de relaxar e sorrir novamente, muito antes de você estar morrendo .
A vida é uma escolha. É a sua vida . Escolha conscientemente , escolha sabiamente, escolha honestamente . Escolha a felicidade.

29 comentários:

  1. Reflexo do capitalismo selvagem escravizador

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "capitalismo selvagem escravizador" aiai...
      tenho uma coisa engraçada pra te dizer meu amigo, eu não me arrependo de nenhuma dessas 5 coisas pois sou ótimo em todas, e olha só que coisa D: eu sou um capitalista!
      só pq tem um "me arrependo de ter trabalhado tão duro" não quer dizer que trabalhar duro é ruim, quer dizer que ele morreu antes de colher os frutos e se arrependeu.
      não me venha com esse papinho trouxa de "capitalismo é algo terrivel" em um comentario em um blog na internet feito do seu computador, ok? se vc se enterra em dividas, o problema é seu, isso se cham indivisualismo ._. é a lei da selva, e se vc gosta de utopias não naturais o problema é seu ok?

      Excluir
    2. Primeiro comentário sensato que leio neste blog.

      Excluir
    3. Ter o "me arrepende de ter trabalhado tão duro" não quer dizer que ele morreu antes de colher os frutos do trabalho, quer dizer que ele foi levado a se matar de trabalhar durante toda sua vida, sacrificando outras coisas a colocar o trabalho em primeiro lugar e essa ser uma posição digna de honras nos dias atuais, se levar por isso e esquecer de viver. O capitalismo é um faca de dois gumes, não é um questão de enterrar dividas ou não, é uma questão de transformar pessoas em simples maquinas que não trabalham para viver mas sim vivem para trabalhar.

      Excluir
    4. Mon Revoir, tira o pau da boca pra falar, lambe saco do caraleo!

      O blog é contra a Globo, um grande simbolo do capitalismo no Brasil. Não só apoiou a ditadura, como foi um graaaande braço. Por tanto o comentário é pertinente a esse blog.

      Nós pagamos 40% de tudo que é produzido no Brasil em juros da dívida pública. Depois disso o trabalhador ainda tem que bancar o lucro das empresas, os gastos absurdos com as disparidades na previdência, a corrupção monstruosa, dos funcionários públicos e dos políticos. E essa merda toda é a saúde do capitalismo, por tanto, ou você faz parte da minoria banqueira, ou você é escravo dela. Deixa de ser BURRO! ESCRAVOS IDIOTA! Acham que vão ser o novo Eike Batista? hahaha Ele é um lambarizinho de merda perto de quem tem dinheiro de verdade no mundo. Não sejam idiotas, Ninguém quer o comunismo de Cuba, mas tem que ter uma alternativa pra esse mundo, não é possível!



      http://www.youtube.com/watch?v=T-1itpAVsn4

      Excluir
    5. O capitalismo não é mau nem escravizador, o capitalismo é capitalismo. Essa é a lógica do sistema. Somos levados a crer que em uma falsa liberdade, balela... cade a sua liberdade pra fazer o seu horário de trabalho ou de se dedicar ao que você realmente quer? O capitalismo não precisa ser humanizado e sim substituído!

      Excluir
    6. Os que ficam aí em cima falando bem do capitalismo, pensem bem, mas ninguém aí em cima já esta velho e\ou à beira da morte...
      Deus te fez livre, viva como quiser, não como a merda da mídia , sociedade, ou governo querem em seus padrões "impostos".

      "Os homens perdem a saúde para juntar dinheiro, depois perdem o dinheiro para recuperar a saúde.
      E por pensarem ansiosamente no futuro esquecem do presente de forma que acabam por não viver nem no presente nem no futuro. E vivem como se nunca fossem morrer... e morrem como se nunca tivessem vivido. "Dalai Lama."

      Excluir
    7. Percebo muito estres aqui, e negações de suas realidades.

      Excluir
    8. HURT DUR CAPITALISMO OPRESSOR! HUR DUR Vai viver no mato fdp! se você quer viver você tem q porduzir, lugar de vagabundo ou é sozinho da civilação ou na cadeia. Quem dera ninguem trabalhasse né! a é vdd, tmb não teria produção! é facil criticar o capitalismo sendo sustentado pelo papaizinho que trabalha o dia todo.

      Excluir
    9. A necessidade humana é diversificada, cada qual tem seu olhar sobre a vida, e que não sejamos hipócritas em dizer que somos perfeitos, seria falta de humildade e isso é uma falha terrível, e é gostoso assumir, vuver o imperfeito, degustar dos erros rumo a vitória.
      Sinto que o capitalismo transforma sentimentos em números, e os números ficam, nós partimos.

      Excluir
    10. A cara, para os que não concordaram, eu dei a minha opinião. Se ofendi a pessoa que fez o post, que ela se defenda e explique então que não quis dizer isso com relação ao ponto que eu expus.
      Eu não vou responder a comentários estupido pois não os li, qualquer coisa que começa com um xingamento não pode ser levada a serio pois não foi escrita com a máxima do vocabulário da pessoa, muito menos com o intelecto... então só voltei para ver o que deu e acrescentar mais um ponto.

      O capitalismo é sim cruel, mas ele não diz respeito a isso. O capitalismo é um sistema que recompensa os melhores, trabalha com a meritocracia de maneira excelente. Se você não acha isso, saia da sua zona de conforto, pare de culpar os outros pela sua incompetência, pegue seu salario de empacotador no mercado e aluga uma carrocinha de cachorro quente.
      Se você não se da bem no sistema ou você é burro e não gosta mesmo de estudar ou você é um puta de um vagal preguiçoso que só sabe fumar maconha e reclamar do capitalismo pq "é a nova onda ser vermelho".
      Não venha por a culpa do seu fracasso nos que tiveram sucesso.

      mas se nem isso que eu disse conta e ainda acham tão bom o ideal socialista/comunista ou qualquer coisa do gênero, se mudem para cuba!

      http://www.clickon.com.br/Viagens/pacotesdeviagem/cuba/aereo/D37247?query=Cuba

      os pacotes estão bem baratos.

      Excluir
    11. Cara, você é um babaca! e logo vai perceber..

      Excluir
    12. Capitalismo ou não, o povo é o gado, todos são controlados, fantoches estupidos, seja qual for a classe social, e não estou reclamando, essa é a logica da sociedade, um pequeno grupo controla a sociedade, é natureza do ser humano, ser controlado, somo meros peões iludidos, kkkk, chega a ser engraçado. e sobre arrependimento, quando se está face a face com a morte, todos ser humano se arrepende de algo, é a natureza também.

      Excluir
    13. Muito fácil defender o capitalismo quando não se mora numa favela, não se passa fome, não se dorme nas ruas passando frio. Bando de retardados. Faça-me o favor.

      Excluir
  2. Alguns erros de português o texto, mas tirando isso, eh bom.

    ResponderExcluir
  3. Adorei o texto, mas poderia ter menos ADS automático no blog... Me desanima abrir essas páginas da RET.

    ResponderExcluir
  4. Todos nós somos frutos do ambiente em que vivemos. Poucos evoluem em pensamentos e ações. Sonhar todos sonhamos, porque o pensamento voa. E enquanto sonhamos com o porvir, nos deleitamos em quimeras que, para a maioria dos mortais, são irrealizáveis. Muitos duvidam do destino. Mas ele existe. Todos nós temos em nossas vidas um caminho principal à seguir que, num determinado momento se abre em uma bifurcação, onde passamos a dominar as nossas escolhas. É o chamado "Livre Arbítrio" Ocorre que neste determinado momento da sua existência, alguns por não terem se preparado culturalmente, e espiritualmente, acabam perdendo a grande oportunidade de mudanças em suas vidas. E não lhes restará outra alternativa, a não ser viver o fim dos seus dias remoendo um passado de sonhos irrealizados. Já aquele que desde muito cedo planeja uma maneira de usufruir de todas as benesses que a natureza possa lhe oferecer, dando um passo de vez, e respeitando sempre os direitos de seus semelhantes, não terá jamais motivos para reclamar. Principalmente se teve méritos para conseguir o emprego para o qual se preparou durante a sua fase escolar. Se teve a felicidade de encontrar a companheira ideal para, lado a lado caminharem juntos e construírem uma família, da qual poderão arcar com o sustento, sob todos os aspectos, inclusive garantindo uma formação profissional de alto nível ao filho, ou aos filhos. O resto, é como diz a musica cantada pelo Zeca Pagodinho, só que no plural: "Deixa a vida nos levar, vida leva nós......"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adorei seu comentário!
      Tb. penso assim....
      Parabéns

      Excluir
  5. depois que li, larguei o trabalho e virei hippie .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. To com a maior vontade de virar hippie tambem, mano....deixar de ser uma engrenagem a mais nessa maquina monstruosa...aquele filme do Chaplin nunca foi tao atual...estamos nos ferrando(acho que a maioria)....nos iludimos com a grana, que com o tempo de labor normalmente aumenta, e nos tornamos escravos de uma falsa visao de conforto e realização..

      Excluir
  6. Difícil comentar a respeito,mas o que se pode imaginar é que o arrependimento de um ser humano não tem nada á ver com ninguém e sim como o padrão de vida que esta pessoa levou não lhe trouxe satisfação e no final de sua vida gostaria de voltar e fazer tudo novamente.
    Esse tema já foi abordado em outras reportagens mesmo com pessoas que envelheceram e viram que tudo que fez não lhe fez feliz.
    O rico trabalhador queria voltar e ser pobre porque não viu seu filho crescer e o pobre voltaria trabalharia que nem um louco para dar tudo o que o dinheiro compra pro seu filho.
    Não existe vida perfeita.
    Procure fazer tudo o que gosta e amar e mesmo assim no fim ainda faltará alguma coisa.
    Isso é a ambição humana que nunca lhe permite ser feliz.

    ResponderExcluir
  7. E a Vida Sentimental Errada?

    Uma questão que ela não citou, para não criar polêmica, mas que tenho certeza de que muitos relataram para ela, é a seguinte: Me arrependo de não ter me esforçado mais para ser feliz na vida sentimental. Isso é fato!

    Tanto homens quanto mulheres, que as vezes se unem porque a mulher engravida, acabam não se separando mais porque querem dar bom exemplo aos filhos, estando ao lado deles ao menos até a fase adulta.

    Alguns, quando os filhos ficam adultos, se separam e vão atrás da verdadeira felicidade sentimental, namorando com alguém que realmente gostem de verdade, e sendo muito felizes, enquanto outros, com medo de arriscar e ficarem sozinhos, acabam se conformando com a escolha errada que fizeram no passado, e ficam com o parceiro até que não exista mais forma de continuar aturando-o.

    Podemos ver como exemplo, o que ocorre com alguns ex-famosos, que depois dos 40 anos, com os filhos já adultos, se separam, vão namorar, e muitos ficam com sorriso reluzente de tanta felicidade, pois agora sim, estão usufruindo da vida sentimental que não tiveram no passado, e podem aproveitar de forma plena, afinal, ninguém vai engravidar mais né. hehehehehe. Talvez comece aí realmente a melhor idade.

    Filhos são uma bênção, mas infelizmente, quando você acaba tendo um filho com a pessoa errada, você, durante uns 20 anos, joga fora sua vida sentimental, não têm jeito. Se você fugir da responsabilidade e ficar longe do filho, passará a vida com peso na consciência, e isso pode afetar sua saúde. Se você tiver caráter e passar ao lado do seu filho todos estes 20 anos, sua vida sentimental será frustrada, pois seu corpo e seu coração pedirão desesperadamente, uma nova pessoa para amar e ser feliz, mas sua mente sensata o obrigará á ficar ao lado do seu filho, acompanhando todo seu crescimento.

    Existem milhões de brasileiros nesta situação, e eu sou um deles. Fiquei com minha mulher por carência, mas o abismo entre nós nunca permitiu uma relação ideal. Eu formado e inteligente, ela com a segunda série do ensino fundamental, e 1 ano mais velha que eu, eu vindo de classe média, ela de uma situação miserável, eu nunca tive outras mulheres na vida, ela já tinha namorado sério 4 homens e transado com 11 homens diferentes, eu sempre me cuidei para me manter bonito e em forma, ela nunca cuidou direito da saúde, ou seja, vidas muito opostas, ela vinha de uma vida de pobreza, muito sexo e desleixo com a saúde, enquanto eu vinha de uma vida sem sexo, muito trabalho, e muito cuidado com a saúde.

    Qualquer parente mais próximo, quando analisa nossa relação, as vezes me pergunta, como eu, sendo bonito, rico, em forma e inteligente, continuo ao lado de uma mulher descuidada, pobre, com familiares problemáticos, fora de forma, e tão teimosa e sem inteligência, e eu realmente concordo que é um absurdo, mas aí digo: Olha bem esse meu filho, lindo, querido, simpático, inteligente e carinhoso. Pois é, está aí meu motivo. O parente entende na hora e não argumenta mais nada. Continuo com ela por um motivo de coração.

    Eu amo meu filho mais que todas as coisas deste mundo. Abaixo de Deus, é e sempre será o meu segundo maior amor, em toda a minha vida. Poucos pais amam um filho de verdade, do jeito que eu amo, á ponto de deixar tudo de lado para estar ao lado dele. Isso é o verdadeiro amor, abnegar até mesmo da felicidade sentimental, para poder estar sempre ao lado do filho amado. E Deus sabe o quanto o amo acima de tudo, e que meu amor pelo meu filho é sincero, e sempre será.

    Espero sinceramente, diante de Deus, que daqui á alguns anos, quando meu filho estiver adulto, eu possa também ser feliz na vida sentimental. Quando isso acontecer, aí serei completamente feliz. Já tenho 2 grandes amores: Deus e o meu filho. Quando tiver também uma mulher para amar, que combine comigo, terei a tão sonhada felicidade plena, com a qual todos os seres humanos do planeta tanto sonham. Muitos conseguem, outros não, mas eu tenho fé em Deus, que vou conseguir.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Temos o mesmo ideal...
      HJ com 62 anos e 42 de casada, vivi exclusivamente pelos meus 4 filhos, que amo acima de qualquer coisa, no dia que falei qdo eles estiverem todos caminhando com seus próprios pés, me separo e ai seim viverei minha vida!
      mas nosso bom Deus tinha outros propósitos para minha vida...
      Meu marido adoeceu, teve vários episódios de AVC.s...
      Ai resolvi ficar, e cuidar dele
      Mesmo o amando como uma irmã querida...
      Mas nossos filhos são pessoas abençoadas, todos formados e com ótimos empregos, hj já temos 5 netos.
      Acalmei meu coração e sou feliz a meu modo!!!!

      Excluir
  8. k palhaçada...é apresentado aki um texto e a maioria vem aki apontar a gramatica..ou atacar opinioes alheias...esse nao é o objectivo do texto nao!!
    nao deu pra interpretar e perceber?
    leia de novo, de sua opiniao sem precisar atacar ninguem.
    abraços

    ResponderExcluir
  9. "O capitalismo é sim cruel, mas ele não diz respeito a isso. O capitalismo é um sistema que recompensa os MELHORES"

    Cara, que idiotice... MELHORES? Do ponto de vista de quem?

    "Se você não se da bem no sistema ou você é burro e não gosta mesmo de estudar ou você é um puta de um vagal preguiçoso que só sabe fumar maconha e reclamar do capitalismo"

    Cara, você é um I-D-I-O-T-A

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. Assistam ao curta-metragem "Ilha das Flores", de 1999, não vão se arrepender. Tem só 10 minutos e é um GENIAL"alerta" à desigualdade social que tudo isso gera

    http://www.youtube.com/watch?v=KAzhAXjUG28

    ResponderExcluir