terça-feira, 15 de outubro de 2013

ESSA VAI SER A "COPA DO MUNDO DO TERROR" DIZ O PCC


O Primeiro Comando da Capital (PCC) prepara novos ataques caso a cúpula seja transferida para o Regime Disciplinar Diferenciado (RDD) da Penitenciária de Presidente Bernardes, no interior de São Paulo. Diante das novas ameaças do bando, o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Benedito Roberto Meira, pôs a corporação em estado de alerta.
As ameaças da facção se estendem a 2014, quando os bandidos prometem uma "Copa do Mundo do terror" e ataques nas eleições. Os planos dos criminosos foram interceptados em telefonemas recentes flagrados pela inteligência da polícia.
Os bandidos afirmam que vão fazer uma greve branca nos presídios se a liderança do PCC for transferida para o RDD. Também dizem que, em caso de reação do governo paulista à greve, criminosos nas ruas vão atacar.
"Passei uma mensagem aos meus homens para que eles redobrem a atenção no atendimento das ocorrências, quando estacionam os carros e no caminho para casa", afirmou Meira. Em 2012, depois de a facção ordenar ataques a policiais, 106 PMs foram assassinados.

As novas ordens do crime surgiram depois de a defesa de criminosos como Marco Willians Herbas Camacho, o Marcola, o chefão do PCC, ter acesso aos detalhes da megainvestigação realizada por três anos contra o crime organizado. Grande parte do mapeamento das ações do PCC foi feito com a colaboração de PMs.
As orientações saíram por meio de telefonemas dados pelos líderes que estão na Penitenciária 2 de Presidente Venceslau, no oeste paulista.
"O clima é muito tenso na região. Eles estão transmitindo as ordens pelos celulares porque querem que a gente saiba", afirmou um dos 23 promotores dos Grupos de Atuação Especial e Repressão ao Crime Organizado (Gaecos) do Estado que assinaram a denúncia contra os 175 acusados de pertencem à organização criminosa.
A inteligência policial verificou também que o bando tomou precauções para o caso de toda a cúpula ser isolada no RDD de Presidente Bernardes.
De acordo com a inteligência policial, funcionários dos presídios também foram informados por presidiários sobre as supostas intenções da facção. O conteúdo dessas novas escutas não faz parte da denúncia apresentada pelos promotores.

Pressão

As ameaças do crime organizado contra o Estado surgem no momento em que o Poder Judiciário analisa dois recursos apresentados pelo Ministério Público Estadual (MPE) contra as decisões de juízes que negaram a transferência da cúpula da facção para o RDD e a decretação da prisão de todos os 175 acusados - 16 deles tiveram a denúncia rejeitada.
Na semana passada, um dos promotores do caso relatou no Gabinete de Gestão Integrada (GGI), no Comando Militar do Sudeste, do Exército, a ameaça feita pelo PCC para os eventos de 2014.
A expansão das atividades da facção criaria novos riscos. "A facção sabe que teremos muitos turistas aqui durante a Copa", afirmou o promotor. As informações são do jornal "O Estado de S. Paulo".

VIA: Uol, com  imagens da Rede Esgoto de televisão

12 comentários:

  1. quem dera que essa galera lutasse por um sistema melhor, ao invés de só fazer bagunça.

    ResponderExcluir
  2. eu não sou a favor de violencia alguma porém não acho que nosso país com tudo que estar acontecendo tem preparo para uma copa do mundo,é muito gasto muita insegurança,,falta tudo e depois vai piorar mais ainda

    ResponderExcluir
  3. é notável que a copa do mundo aqui será uma bagunça generalizada,não pelo pcc e sim pelos políticos que nada fazem para melhora a vida do povo,agora com pcc fazendo este tipo de ameças é que a coisa fica mais seria e dramática,estamos assistindo de perto uma possível guerra civil financiada por traficantes e corruptos,o que tenho a dizer é enquanto corruptos e traficantes não pegarem pena de morte nosso pais sempre será uma verdadeira bagunça.onde quem manda é uma cambada de bandidos e quem sofre é o povo como sempre.

    ResponderExcluir
  4. Pena q os governantes desse pais,não veem q temos necessidades maiores do q copa do mundo...

    ResponderExcluir
  5. O CV no Rio disse a mesma coisa no Pan 2007, e oq aconteceu?? Nada. O q da a entender que houve um acordo entre políticos e criminosos. E agora o PCC quer botar o terror em 2014, e certamente haverá um "acordo" pq se realmente isso acontecer, manchará a imagem do Brasil perante ao mundo.

    ResponderExcluir
  6. voces viajam, antes de mais nada acordem, quando fazem piadas que os maiores bandidos estao em brasilia, isso nao é piada, é a pura verdade, entao voces acham que o governo vai ajudar o povo? Nunca, os beneficios sempre sao para os presos, alckmim diz que nao vai mudar a rotina por causa do pcc, claro, isso tudo é uma novela, ele vai la depois e negocia com o pcc e ta tudo certo dai os caras nao fazem nada com ele e ele deixa os assaltos correr solto na cidade...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você falou tudo!
      Por isso não há interesse em mudar o código penal...

      Excluir
  7. os politicos não fazem nada é porque eles fazem parte de grandes esquemas de financiamento de trafico de drogas não acham ? porque os bandidos não fazem ataques contra politicos que tanto roubam nosso país ja que eles tem tanta arma e disposição pra guerrilha ? é porque no final todos eles tem uma ligação. afinal eles tinham que tocar o terror era no senado igual a al kaeda faz no oriente médio

    ResponderExcluir
  8. world cup brasil=fiasco,vexame mundial.

    ResponderExcluir
  9. Antes de dizer algo sobre oque o pcc fara ou ja fez em relação a PM e ao conflito com o governo devemos pensar que, primeiramente, são esses pm e esse governo que criaram esses bandidos em favelas, fazendo os moradores da região mal conseguirem sobreviver de migalhas que milicias deixam nas favelas.

    ResponderExcluir