domingo, 22 de setembro de 2013

Camisas dos Ramones viram modinha (PQP)



Consagrada como a banda punk que por mais tempo ficou em atividade, e tida como símbolo de uma juventude inconformada, o Ramones hoje virou "modinha" entre o público feminino. Pelo menos entre as fãs que frequentam o Rock in Rio 2013. Desde o primeiro dia do maior festival de música do Brasil, foi cena mais do que comum observar mulheres com a camiseta do grupo formado em Nova York, em 1974. 
Seja com a célebre frase "hey ho let's go", ou com os nomes dos integrantes fundadores (Joey, Johnny, Deedee e Tommy), elas combinam a camiseta com unha preta, bota e óculos escuro para compor o visual. Faltaram apenas as jaquetas de couro - que no calor saárico da Cidade do Rock, convém mesmo evitar. Na questão conteúdo, porém, nenhuma das consultadas pela reportagem do Terra sabia dizer um álbum sequer da banda, ou mesmo uma única canção. 
A prova cabal, pois, de que hoje, entre o público feminino, o Ramones é moda. Se o ideologia do movimento punk é lutar contra o sistema, sem saber muito bem o que fazer para consertá-lo, seu grande ícone hoje está banalizado nas camisetas de um festival de música que há tempos desbravou outros públicos, fincou sua vertente pop e está longe, com exceção dos dias de heavy metal, de atrair um público legitimamente rock and roll. 
"Eu já escutava a banda antes de comprar essa camiseta", garantiu a estudante Annanda Girard, 19 anos, óculos escuros, batom vermelho, camiseta branca da banda, short e cinto de couro. Questionada pela reportagem sobre o seu álbum preferido dos Ramones, respondeu: "não sou fanática". Ao ser indagada, então, sobre uma canção predileta, confessou: "você me pegou". 

A pedagoga Joana Ribeiro, 27, em visual bastante semelhante, deixou claro logo no primeiro instante que "não sei nada de Ramones". "Qual o problema de eu usar uma camiseta dos caras? Virou uma moda, unha preta, é pelo clima de show de rock", completou ela, que sequer sabia que o vocalista e grande líder do Ramones, Joey Ramone, morreu vítima de um linfoma em 2001, aos 49 anos. Tampouco que o grupo se dissolveu em 1996 e que tem na simplicidade dos famosos "três acordes" uma de suas grandes marcas. 
A jornalista Erica Valerio, 28, após ser clicada pela reportagem, começou dizendo que "não era mega fã da banda, mas que gostava de usar a camiseta". Ao ser perguntada se saberia dizer, de bate pronto, três músicas da banda, saiu-se com um "claro que não", provando, definitivamente, que se existe, claro, um público feminino fã do Ramones, ele não está presente neste Rock in Rio. 

Yahoo

13 comentários:

  1. Adorei esse texto, infelizmente ele é verdadeiro. Eu só gostaria de aproveitar pra ressaltar que não só as camisas do Ramones estão na moda, mas camisas de bandas de rock, no geral. Me da muita raiva ver essas patricinhas usando camisas dos Beatles, Ramones, Pink Floyd, Led Zeppelin, AC/DC e tantas outras bandas super clássicas... essas idiotas não entendem porra nenhuma de música e menos ainda de rock. Não sei porque o estilo Punk/Rocker virou tendência de moda... LAMENTÁVEL. =(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tenho uma amiga que até o ano passado era power pop,uns dias encontrei ela e ja ta a "maior rockeirona" que existe,pois é,ta foda

      Excluir
    2. Usam camiseta de Rock em baladas Funk, qui podre, kkkkkkkkkkkkk

      Excluir
  2. Acho besteira...que mal tem a pessoa achar legal a estampa e usar?
    Sei lá, bobeira de fã isso, os caras estão felizes, para quanto mais pessoas venderem suas camisas melhor, aí não só do ramones claro, mas de outras bandas também.

    ResponderExcluir
  3. Pelo menos as mina não tão indo lá com camisa da Calypso...

    ResponderExcluir
  4. Geralmente são as adolescentes de 12~17 anos que tiveram essa como primeira banda e o primeiro namoradinho que ouve. E as vestes são calça jeans, camiseta preta Ramones e tênis All-Star.

    Eu gosto da banda, o problema é que todo mundo já ouviu um milhão de vezes e já está esgotado ao máximo(como o Nirvana também está por exemplo).

    Além disso é fácil pegar quem não conhece, basta perguntar "qual sua música preferida?" Se responder "Hey Ho Let's Go" ao invés de "Blitzkrieg Bop", matou.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu fui criada ouvindo Ramones. Tenho camisetas deles assim como de várias outras bandas. Me visto exatamente como tu descreveu e não acho que todas as adolescentes usem isso por moda apenas. Não acho também que as pessoas precisem ser enciclopédias das bandas, mas concordo que é meio besta utilizar e fazer propaganda de uma banda que tu sequer conhece o trabalho, sei lá.

      Excluir
  5. Pior foi o comentário que foi publicado ao compartilharem essa notícia no facebook chamando essas mulheres de vaquinhas. Lixo! Se eu fosse da banda (e ela estivesse ativa, rs)acharia ótimo a publicidade. E além disso qual é o grande mal que as pessoas possam vestir a roupa da banda que querem mesmo não conhecendo-a? E qual o problema da moda rocker? Detenham-se em denunciar coisas que realmente façam alguma diferença, não besteiras desse tipo. As vezes alguns roqueiros parecem religiosos xiitas, deus me livre --'

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo em número, gênero e grau, e ´´vaquinha`` foi o fim da picada...

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  6. O pior é andar com camiseta "Johnnie Walker" e achar que é uma banda.

    ResponderExcluir
  7. O problema da moda Rocker é a palavra MODA... Moda, para nos Rockeiros, transmite mais uma ideia de gente chata, com assuntos chatos, com vocabulário chato "Look, Fashion, Cool, Clutch, T-Shirt...", com costumes chatos, que frequentam lugares chatos, companhias chatas, vidas chatas, a maioria das coisas que pra nos é muito chato. Por isso que Rock não tem nada a ver com isso, o rock sequer participa disso (Tanto é que dizem que o rock morreu, pq esta fora da midia ou "fora de moda", vamo acordar criançada, o rock ta vivo nos bares, na rua, em muitas casas por esse mundo, nos fones de ouvido de muita gente na rua, e principalmente no cenário underground das principais cidades do pais e do mundo.)... A galerinha usa o visual Roqueiro mas quando é hora do "vamo ver" essa turma pede arrego, ai dizem que não gostam do som, que não gostam dos nossos costumes, que não gostam dos nossos assuntos, muitos tem ate nojo dos Motorrokers, dos Hard Rockers, dos Headbangers, dos Punks, dos Goticos, dos Grunges, dos Hipies e da maioria dos demais subgêneros do Rock. Nem ao menos conhecem os símbolos do Rock, e pior, não entendem nada de Rock... Tem muito visual, né. Mas atitude Rock and Roll lhes falta e muito... Por isso existe problema... Rock vai muito alem de modismos, porque é um estilo de vida!!! Por isso não gostamos desse tipo de coisa (Nao sou so eu que fico puto, a grande maioria, tanto dessa quanto da geração passada, todos ficamos putos com isso)!!!

    ResponderExcluir